terça-feira, 19 de agosto de 2008

Monsoon Wedding - Um casamento à indiana

Monsoon Wedding - Um casamento à indiana
Um casamento durante as chuvas de monção
Elenco: Vasundhara Das, Parvin Dabas, Naseeruddin Shah, Lillete Dubey, Ishaan Nair, Randeep Hooda, Neha Dubey, Tillotama Shome, Shefali Shetty, Rajat Kapoor, Vijay Raaz, Kemaya Kidwai, Kamini Khanna.
Gênero: Romance.
Áudio em hindi, punjabi e inglês, legendas em inglês e português.
Filme dirigido pela Mira Nair. Recebeu vários prêmios em festivais de cinema da Índia, Europa e EUA. Indicado ao Globo de Ouro de 2002 por Melhor Filme em Língua Estrangeira. No European Film Awards de 2001 ficou entre os melhores filmes não europeus do ano, junto com Lagaan (O Imposto – 2001), Moulin Rouge e outros. No IIFA de 2002 o ator Ishaan Nair (personagem Varun) foi indicado para o prêmio de melhor ator de comédia. O filme conta a estória de uma família indiana punjabi de classe média alta, que adota alguns costumes ocidentais, enquanto mantêm a tradição do casamento arranjado pelos pais.Lalit (Naseeruddin Shah) e Pimmi (Lillete Dubey) estão ansiosos preparando o casamento da filha mais velha, Aditi (Vasundhara Das), com o engenheiro Hemant Rai (Parvin Dabas), que mora nos EUA. Ela não conhece o futuro marido e guarda um segredo. Manteve uma relação secreta com um apresentador de TV casado, e quer tentar esquecê-lo. De acordo com os costumes, todos os convidados se reúnem na casa para celebrar o casamento, que dura 4 dias. Os parentes vêm de longe: Austrália, EUA, e todos ajudam a preparar a festa. 
Na cerimônia chamada Sagan, as famílias dos noivos se reúnem, trocam presentes, e o casal troca alianças. No dia do Menhdi a henna é aplicada nas mãos e pés da noiva, e quanto mais escura ficar, maior é o amor do noivo por ela. No dia do Sangeet, os convidados apresentam alguns números musicais, cantam, dançam, e ajudam a animar a festa. Enquanto cada ritual é realizado, estórias das vidas dos personagens vão sendo contadas, formando a imagem da Índia moderna.
M

M
Música Madhorama Pencha
“Ó mulheres desta casa
Enfeitem-me com henna
Embelezem as minhas
brancas mãos com henna
Madhorama perguntou
''Com qual vamos nos casar?"
Madhorama respondeu
''Com a gordinha!''
Não existe cama tão larga
para a gordinha
Vamos deixá-la na beira da estrada!
Shabash!
Queremos outra!
Shabash!
Somos ricos cavalheiros
Shabash!
Cheios de paixão e desejo
Shabash!
Gostamos de aproveitar a vida
Shabash!
Estou mentindo?
Shabash!
Madhorama perguntou
''Com qual vamos nos casar?"
Madhorama respondeu
''Com a de pele clara!''
Sua pele tem cor de manteiga
Ela dorme sozinha em casa
Enquanto seu
namorado se lamenta
É ela que queremos!
Shabash!
É ela que nos agrada!
Shabash!
Vamos nos casar com ela!
Shabash!
Pimmi: Shashi, se lembra de quando
éramos recém-casadas?
Lalit e meu irmão iam dormir
e você vinha me contar
piadas sujas.
Shashi: Seu Lalit ia dormir
mas meu CL nunca dormia,
nem me deixava dormir!
Lalit: Venha, idiota!
Vamos entrar no harém.
Senhoras!
CL tem uma canção adequada
às senhoras.
Por favor! Ouçam ele!
CL: Ouçam e vão se divertir.
Aproveitem os prazeres
da vida comigo.
Shashi: Ai, por favor!
CL: Estou tendo um filho!
Lalit: Se divertindo com as muIheres?
Pimmi: Pegue suco de limão.
A henna está secando”.
M

M
Música Chunari Chunari
(Duppata, Duppata)
A tradução dessa música não vem no DVD. Preparei exclusivamente para o blog. A música está em punjabi, língua falada na região do Punjab, que se localiza no norte da Índia e abarca parte do Paquistão. Chunari significa Duppata, peça de roupa usada junto com o Shalwar Kameez, roupa tradicional indiana. Ao lado a atriz Aishwarya Rai veste um Shalwar Kameez, estilo Churidar (as calças são mais justas, em oposição ao estilo Patiala, no qual as calças são mais largas), no lançamento da trilha sonora do filme Jodhaa-Akbar, em 9 de janeiro de 2008, no Hotel Grand Hyatt, em Kalina, perto de Mumbai. O filme foi estrelado por ela e pelo ator Hrithik Roshan.

Letra em punjabi
"Chunari Chunari!
laal ga.nj ke laal baadar se laal chunariya laa'ii
chunarii chunarii...
laal ra.ng me.n Daal Daalke laal laal ra.ngvaa'ii
chunarii chunarii...
aa jaa na chhuu le merii chunarii sanam
kuchh na mai.n boluu.n tujhe merii qasam
aa'ii jawaanii sar pe mere
tere bin kya karuu.n jawaanii pe raham
aa jaa na chhuu le merii chunarii sanam
kuchh na mai.n boluu.n tujhe merii qasam
aa'ii jawaanii sar pe mere
Nós somos parentes agora.
tere bin kya karuu.n jawaanii pe raham
aa jaa na chhuu le merii chunarii sanam
kuchh na mai.n boluu.n tujhe merii qasam
chunarii chunarii...
chikne chikne badan se tere sar sar chunarii sarke
aisa lage ke bin baadal a.mbar pe bijalii paRke
jii karta hai yeh bijalii mai.n tujhpe aaj giraa'uu.n
tujhko bhar luu.n baaho.n me.n yeh chunarii tujhe uRaa'uu.n
baRHta hii jaa'e dard ho na khatam
kuchh na mai.n boluu.n tujhe merii qasam
aa'ii jawaanii sar pe mere
tere bin kya karuu.n jawaanii pe raham
O idiota está dançando!
Bravo! Bravo!
terii chunarii lipaT lipaTke paagal mujhe banaa'e
pahale se hii taRap rahaa tha aur mujhe tarpaa'e
Eu te amo meu irmão!".

M
Tradução em português
"A duppata, duppata!
Eu peguei uma duppata vermelha num monte de algodão vermelho
A duppata, duppata
Eu a molhei e tingi de vermelho
A duppata, duppata
Venha, toque a minha duppata, querido
Eu não vou falar nada, eu juro
Eu já cresci
O que eu faria sem você? Tenha pena de mim!
Venha, toque a minha duppata, querido
Eu não vou falar nada, eu juro
Eu já cresci
Nós somos parentes agora.
O que eu faria sem você? Tenha pena de mim!
Venha, toque a minha duppata, querido
Eu não vou falar nada, eu juro
A duppata, duppata
A duppata deve ser despida do seu corpo maravilhoso
Seria como a luz de um relâmpago num céu sem nenhuma nuvem
Eu espero com todo meu coração que eu te derrube com essa luz hoje
Eu vou preencher o seu abraço e essa duppata vai fazer você voar
Que a minha excitação aumente, que o fim nunca chegue
Eu não vou falar nada, eu juro
Eu já cresci
O que eu faria sem você? Tenha pena de mim!
O idiota está dançando!
Bravo! Bravo!
Me enlouquece a maneira que você veste a sua duppata
Se antes você já me torturava, agora será ainda pior
Eu te amo meu irmão!".

5 comentários:

Sandra disse...

Alessandra,

Seria legal você incluir na ficha técnica dos filmes o nome do Diretor e o ano de lançamento.

sandrabose disse...

Eu ADOREI este filme e recomendo!

Boa escolha de filmes Alessandra, parabens!!!

Alessandra Efrem disse...

Oi, agradeço o comentário de todos. Sobre o diretor, eu sempre começo a resenha de um filme falando sobre o diretor. E em todas as resenhas desse blog tem informações sobre ele. E sobre o ano, eu realmente não incluo pq penso que qq obra cinematográfica é atemporal. Então fica a critério do leitor, se achar muito importante saber o ano, consulta no www.imdb.com

drica disse...

Olá Alessandra! Como faço para adquirir os filmes? Qual o valor?
meu e-mail é pedagogadrica@yahoo.com.br
Muito Obrigada!
Adriana

glaumonteiro disse...

Vc pode me mandar a lista dos seus filme indianos, os preços e a forma de pagamento???

glaumonteiro@bol.com.br
glauciamonteiro@yahoo.com.br

Grata,
Glaucia.